segunda-feira, 5 de abril de 2010

DEUS SÓ NOS DÁ AQUILO QUE CONSEGUIMOS CARREGAR

“Dizem que o que procuramos é um sentido para a vida.Penso que o que procuramos são experiências que nos façam sentir que estamos vivos.”

( J.Campbell)


Para uns, a jornada é curta e agradável.

Para outros, a jornada é acidentada, e em alguns momentos, dá vontade de desistir...

Ao contrário do que você pensa, é nesses momentos que algo muito maior está acontecendo.



Ninguém é igual a ninguém e ninguém é perfeito.

A vida vai dando coisas com que você consegue lidar, conforme você vai aprendendo a lidar com elas.

É assim que a vida funciona.



Avançamos no caminho espiritual através dos relacionamentos.

Deepak Chopra escreveu:

"Seja qual for o relacionamento que você atraiu para dentro de sua vida, numa determinada época, ele foi aquilo de que você precisava naquele momento."



Repare: Nada é por acaso.

Nós nos colocamos em uma espécie de “trilha”, que sempre esteve aí, o tempo todo,à sua espera. Você elegeu seu destino.

A vida que você tem que viver é essa mesma.



"Você não consegue mudar o que não consegue encarar".(James Baldwin)

Por isso, onde quer que você se encontre, é exatamente onde precisa estar, neste momento.



Quando você estiver pronto para fazer uma coisa nova, de maneira nova, você fará.

Há sempre alguém à espera da pessoa na qual você está se transformando.

Talvez, você ainda não esteja pronto para reconhecê-la.



A cada momento, cada um de nós está passando pelo processo de Ser e de se tornar. Como as pessoas, os nossos relacionamentos também mudam.

E ainda há muito a aprender sobre AMOR...



Ainda há muito a ser realizado.
Apesar de muitos problemas, há Esperança, Fé, Alegria, há o AMOR...



Deus sabe de tudo que nos é necessário para evoluir, antes mesmo de nós!



“Obrigado, Deus, por me amar o suficiente e permitir que me aconteça somente aquilo com que eu consigo lidar, quando acontece. Obrigado por Quem eu me tornarei através de tudo que me acontece.”



SEJA FELIZ SEMPRE!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário